Dados Gerais Para Acompanhamento de Programas, Ações, Projetos e Obras da Administração Municipal e seus órgãos

EXECUTIVO CRISSIUMALENSE ESTEVE COM A PRESIDÊNCIA DO BADESUL

EXECUTIVO CRISSIUMALENSE ESTEVE COM

A PRESIDÊNCIA DO BADESUL

 

Pavimentação asfáltica e pavilhões industriais foram as pautas da reunião.

 

 

O chefe do Executivo crissiumalense, Roberto Bergmann, foi recebido na manhã desta segunda, dia 14 de janeiro, pela presidente do BADESUL Desenvolvimento, Sra. Jeanette Halmenschlager Lontra, na sede da instituição, na capital. Bergmann esteve acompanhado do Secretário de Planejamento e Projetos, Fabricio Canabarro. Também participou, da reunião, a Superintendente do Setor Público, Marcia Helena Meneghini Santana.

O Município acenou ao Banco Público a intenção de captar recursos para intervenção em infraestrutura urbana, bem como, no setor industrial. O protocolo de intenções fora gerado no dia de hoje (14) e nos próximos dias terá um retorno, quanto a viabilidade e possibilidade.

Posterior a esse retorno, o Executivo Municipal contatará com o Poder Legislativo, para apresentar as possibilidades elencadas pela instituição.

Lembra-se de que as duas instituições têm contrato em andamento, que está em fase final, do qual possibilitou a construção da creche Neli Thomé, junto ao Bairro Industrial.

 

 

Fonte: SMPP-Prefeitura de Crissiumal

 

 

 

DIA DO CONTROLE DA POLUIÇÃO POR AGROTÓXICOS

11 DE JANEIRO: DIA DO CONTROLE DA POLUIÇÃO POR AGROTÓXICOS.

 

 

Nesta sexta-feira, dia 11 de janeiro, é o Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos. A data surgiu da publicação do Decreto Federal nº 98.816 de 11/Jan/1990, que regulamentou a Lei dos Agrotóxicos e atualmente está em vigor o Decreto nº 4.074, de 4 de janeiro de 2002.

A data é usada para conscientizar a população quanto aos riscos causados pelo seu uso indiscriminado e problemas ao meio ambiente e à saúde humana. 

Não há motivo para comemorar o controle da poluição por agrotóxicos, mas sim, para refletir sobre o uso indiscriminado. É preciso saber se o agrotóxico é necessário, se o benefício que ele traz compensa os impactos que causa.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o Brasil é o principal consumidor de agrotóxicos do planeta, representando 20% do total mundial. 

Agrotóxicos são substâncias químicas que merecem muita atenção, especialmente por parte dos trabalhadores do campo, pois são tóxicos ao ser humano, animais e ao meio ambiente e, por isso, devem ser controlados. Para evitar a intoxicação, deve-se ter cuidado desde a compra e transporte até o descarte das embalagens vazias.

Estudos indicam que os produtos utilizados para afugentar pragas das lavouras não prejudicam apenas as abelhas — cujo desaparecimento já havia sido ligado ao uso dos inseticidas —, mas também os bichos emplumados, como diversas espécies de pássaros.

 

 

 

Com informações: Correio Braziliense e CIDASC