Dados Gerais Para Acompanhamento de Programas, Ações, Projetos e Obras da Administração Municipal e seus órgãos

PREFEITURA DE CRISSIUMAL AUXILIA AGRICULTORES NA PRÁTICA DE TERRACEAMENTO E CONSERVAÇÃO DO SOLO.

PREFEITURA DE CRISSIUMAL AUXILIA AGRICULTORES

NA PRÁTICA DE TERRACEAMENTO E CONSERVAÇÃO DO SOLO.

 

A Prefeitura de Crissiumal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, Pesca e Meio Ambiente adquiriu uma plaina hidráulica niveladora, para auxiliar os agricultores do município que aplicam a técnica de terraceamento agrícola. Esse equipamento é de grande importância para os produtores, que dependem do mesmo para trabalhar a terra.

Mas vamos entender um pouco sobre o que é a técnica de terraceamento agrícola, como ela é feita e qual sua importância para evitar a erosão de solo. Técnicos da Secretaria relataram sobre os benefícios do sistema de terraceamento, para a lavoura.

A erosão hídrica está entre os mais relevantes processos determinantes da degradação das terras na agricultura, o que torna a adoção de práticas adequadas para seu controle um dos grandes desafios para a sustentabilidade da produção de grãos e alimentos em geral.

O terraceamento da lavoura é uma das práticas adotadas de combate à erosão fundamentada na construção de terraços com o propósito de disciplinar o volume de escoamento das águas das chuvas. Essa prática deve ser associada com outras práticas conservacionistas, como por exemplo, a cobertura do solo com palhada, calagem e adubação fertilizante balanceadas; e, com práticas de caráter vegetativo, como rotação de culturas com plantas de cobertura e cultivo em nível ou em contorno. A combinação dessas práticas de controle da erosão compõe o planejamento conservacionista da lavoura.

O terraceamento consiste na construção de uma estrutura transversal ao sentido do maior declive do terreno. Apresenta estrutura composta de um dique e um canal, e tem a finalidade de reter e infiltrar, nos terraços em nível ou escoar lentamente para áreas de armazenamento, as águas das chuvas.

A função do terraço é a de reduzir o comprimento da área contínua por onde há escoamento das águas das chuvas, ou seja, construção de obstáculos e, com isso, diminuir a velocidade de escoamento da água superficial. Ademais, contribui para a recarga de aquíferos (vertentes e minas de água).

 

- PLANTIO DIRETO SEM TERRAÇO NÃO EVITA EROSÃO –

 

Em solos sob plantio direto, a presença de palha contribui para aumentar a rugosidade do terreno, estabilizar os agregados do solo e impedir a desagregação das partículas pelo contato direto com as gotas de chuvas, o que resulta em maiores taxas de infiltração e diminuição do volume de escoamento da água pela enxurrada.

Mesmo em solos sob plantio direto, a enxurrada pode ser expressiva principalmente com chuvas de alta intensidade e é agravado em terrenos com rampas longas ou de declividade acentuada. Nessas situações, pode até mesmo ocorrer a remoção da palhada pela enxurrada, o que agrava a perda de água e de matéria orgânica, mesmo que se perca pouco solo. Por isso, há um grande equívoco em se afirmar que lavouras sob sistema de plantio direto não necessitam de terraceamento. Argumenta-se, erroneamente, que a palha que recobre o solo retém a enxurrada, quando na verdade, a palha aumenta a velocidade de infiltração e diminui a desagregação do solo, mas não reduz completamente a enxurrada.

A eliminação dos terraços em sistema de plantio direto também é motivada pela maior facilidade na operação de implementos agrícolas destinados à semeadura, pulverização de agrotóxicos e à colheita dos grãos. Contudo, não há dados científicos que auxiliem no estabelecimento de critérios para a retirada total de terraços em lavouras sob sistema plantio direto. A maior rugosidade do terreno e menor desagregação dos agregados do solo sob sistema de plantio direto, contribuem para o maior espaçamento entre terraços, mas não para sua eliminação.

Adicionalmente, o terraceamento contribui para o manejo das águas das estradas e para o retardamento e a contenção do aporte de agroquímicos aos mananciais hídricos. Em sistema de plantio direto isso é ainda mais relevante, já que os corretivos, fertilizantes e herbicidas tendem a permanecer um maior tempo na superfície do solo, e os torna mais predispostos à movimentação pela enxurrada e, dessa forma, aumenta o risco de poluição de rios e lagos.

 

- TERRACEAMENTO AGRÍCOLA –

 

Consiste na distribuição de terraços em áreas agrícolas. Os terraços são distribuídos de acordo com as características da chuva, como quantidade, duração e intensidade, e da paisagem, comprimento da rampa, rugosidade do terreno, profundidade e permeabilidade do solo, e práticas de manejo agrícola, como plantio convencional, cultivo mínimo e plantio direto.

 

 

 

Fonte: SMDRPMA – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

 

SEGUEM ATÉ O DIA 17 DE MAIO AS INSCRIÇÕES PARA ALIENAÇÃO DE LOTES NO LOTEAMENTO CRICIÚMA.

SEGUEM ATÉ O DIA 17 DE MAIO AS INSCRIÇÕES PARA

ALIENAÇÃO DE LOTES NO LOTEAMENTO CRICIÚMA.

 

 

A Administração Municipal de Crissiumal comunica que as inscrições para alienação de lotes no Bairro Criciúma, ainda, encontram-se abertas. As inscrições se estendem até o dia 17 de maio, próxima sexta-feira. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, que está recebendo as inscrições, há até o momento, apenas, seis (6) inscritos.

 

O processo visa comercializar lotes com preços mais acessíveis às famílias e pessoas que se enquadram nos seguintes requisitos:

 

_Residência e/ou domicílio no Município há pelo menos 5(cinco) anos;

_Renda familiar mensal não superior a 3(três) salários mínimos;

_Não possuir imóvel em nome próprio;

_Não tenham sido beneficiários em outros programas habitacionais no âmbito municipal, estadual ou federal.

 

Se você possui interesse em participar do processo de habilitação, procure a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Vale ressaltar que estão sendo comercializados 14 lotes do Bairro Criciúma. Confira a localização e valores dos lotes, nas imagens abaixo:

 

 

Fonte: SMADS – Assessoria de Imprensa