Dados Gerais Para Acompanhamento de Programas, Ações, Projetos e Obras da Administração Municipal e seus órgãos

Alunos usuários do Transporte Escolar devem ficar atentos para regras do Sistema

Alunos usuários do Transporte Escolar devem ficar

atentos para regras do Sistema

 

Presidente do Conselho Municipal de Transporte Escolar

diz que é fundamental a colaboração dos pais

 

Desde que foi criado, em dezembro de 2014, o Conselho Municipal de Transporte Escolar vem assessorando o Governo Municipal no acompanhamento e fiscalização do Programa de Transporte Escolar, destinado ao atendimento de alunos das escolas da rede de ensino do Município, junto aos transportes contratados e os próprios municipais.

Dentre as finalidades do Conselho, compete-lhe estabelecer regras de condutas para os alunos usuários do sistema de transporte, no que se refere ás regras de conduta, comportamento e respeito, cabendo ao Conselho orientar e alertar quanto ás complicações que poderão resultar nos casos de reincidência.

Segundo a Presidente Zoraia Vorpagel este é um dos maiores desafios atribuído ao Conselho. “Precisamos da ajuda dos pais para que orientem e passem instruções para seus filhos quanto ao comportamento dentro dos ônibus, durante o trajeto para a escola. É importante orientar para que não “depredem” os bancos perfurando os estofados, para que se mantenham sentados e façam uso do cinto de segurança e, para que preservem a higiene dentro dos coletivos, pois, em muitos caos, são jogados lixos no chão.”

Ainda, de acordo com a Presidente do Conselho, é essencial a conscientização de toda a população, principalmente dos pais dos alunos usuários, da real finalidade e de quem tem direito ao transporte escolar. “Conforme o Regimento Interno do Transporte Escolar do Município, o benefício do transporte escolar é garantido aos usuários de área rural, residentes em moradias localizadas a uma distância mínima de dois quilômetros, indicado pelo município para embarque no transporte escolar. É disponibilizando o transporte até a residência do usuário, excepcionalmente, por motivo de doença, quando há dificuldades de locomoção; para portadores de necessidades especiais e para crianças de educação infantil, a partir de 4 anos de idade. Porém, é proibido o transporte de passageiros juntamente com escolares, ou seja, o transporte escolar é exclusivo para os alunos.” Finaliza Zoraia.

Para garantir a segurança e qualidade do transporte, dos mais de 2.000 estudantes, que utilizam o sistema, o Conselho Municipal do Transporte Escolar, além, de estabelecer regras de condutas para os alunos usuários, também, realiza trabalhos de orientação aos motoristas e fiscaliza o funcionamento do sistema de transporte escolar.

 

Fonte: Andréia Queiroz – Assessoria de Imprensa -Prefeitura Municipal de Crissiumal