Dados Gerais Para Acompanhamento de Programas, Ações, Projetos e Obras da Administração Municipal e seus órgãos

Nota de esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal

Nota de esclarecimento da Secretaria Municipal de Saúde de Crissiumal

 

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme a liminar do Conselho Federal de Medicina através do processo n. 1006566-69.2017.4.01.3400 que limita a atuação dos profissionais da enfermagem na realização de alguns procedimentos que eram realizados há anos por enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde, no qual está incluído o exame preventivo do câncer uterino. Estaremos suspendendo todos os exames agendados até que essa liminar seja suspensa visando a proteção dos profissionais de enfermagem em virtude do descumprimento da liminar do Conselho Federal de Medicina.

Segundo a Secretária de Saúde do município de Crissiumal, Suelen Cocco “Estamos acompanhando a decisão em conjunto com os municípios da nossa coordenadoria, bem como da nossa região, demonstrando assim que não é uma decisão do munícipio de Crissiumal e sim uma impossibilidade de realizar o serviço através de uma liminar judicial, portanto, não sendo uma “falta de vontade” dos profissionais de enfermagem”.

A decisão da 20ª vara Federal do Distrito Federal suspende a possibilidade de enfermeiros solicitarem exames no SUS. A atividade há anos é executada na atenção básica por esses profissionais e é pontada como essencial em alguns programas, como das doenças sexualmente transmissíveis, hipertensão e diabetes.

“Estamos muito preocupados, com tal decisão, pois é impossível pensar em atividades de prevenção e detecção precoce de câncer de mama e câncer de colo uterino, impedindo a atuação do profissional enfermeiro, vejo como retrocesso da saúde pública do nosso país. Mas ao mesmo tempo, esperamos que seja suspensa tal liminar com urgência, e mostrando assim a importância do profissional enfermeiro frente a saúde pública”, diz Suelen.

O Ministério da Saúde, por entender que esta decisão impacta negativamente no funcionamento das unidades básicas d saúde e pode levar a redução do acesso aos serviços irá contestar na justiça tal decisão. O Conselho Federal de Enfermagem já apresentou à Justiça um pedido de reconsideração da medida liminar.A Secretaria Municipal de Saúde informa que, conforme a liminar do Conselho Federal de Medicina através do processo n. 1006566-69.2017.4.01.3400 que limita a atuação dos profissionais da enfermagem na realização de alguns procedimentos que eram realizados há anos por enfermeiros nas Unidades Básicas de Saúde, no qual está incluído o exame preventivo do câncer uterino. Estaremos suspendendo todos os exames agendados até que essa liminar seja suspensa visando a proteção dos profissionais de enfermagem em virtude do descumprimento da liminar do Conselho Federal de Medicina.

Segundo a Secretária de Saúde do município de Crissiumal, Suelen Cocco “Estamos acompanhando a decisão em conjunto com os municípios da nossa coordenadoria, bem como da nossa região, demonstrando assim que não é uma decisão do munícipio de Crissiumal e sim uma impossibilidade de realizar o serviço através de uma liminar judicial, portanto, não sendo uma “falta de vontade” dos profissionais de enfermagem”.

A decisão da 20ª vara Federal do Distrito Federal suspende a possibilidade de enfermeiros solicitarem exames no SUS. A atividade há anos é executada na atenção básica por esses profissionais e é pontada como essencial em alguns programas, como das doenças sexualmente transmissíveis, hipertensão e diabetes.

“Estamos muito preocupados, com tal decisão, pois é impossível pensar em atividades de prevenção e detecção precoce de câncer de mama e câncer de colo uterino, impedindo a atuação do profissional enfermeiro, vejo como retrocesso da saúde pública do nosso país. Mas ao mesmo tempo, esperamos que seja suspensa tal liminar com urgência, e mostrando assim a importância do profissional enfermeiro frente a saúde pública”, diz Suelen.

O Ministério da Saúde, por entender que esta decisão impacta negativamente no funcionamento das unidades básicas d saúde e pode levar a redução do acesso aos serviços irá contestar na justiça tal decisão. O Conselho Federal de Enfermagem já apresentou à Justiça um pedido de reconsideraonte da medida liminar.

 

Fonte: SMS

Prefeitura de Crissiumal fornecerá adubo para produtores de leite do município

Prefeitura de Crissiumal fornecerá adubo para

produtores de leite do município

 

O produtor terá que contribuir com uma contrapartida de 50% de recursos próprios

 

Produtores de leite do município de Crisisumal poderão receber, gratuitamente, até 150 kg de adubo para pastagem do gado leiteiro. A informação é da Prefeitura Municipal de Crissiumal que, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Meio Ambiente, adquiriu, cerca de, 340 sacas de adubo 05.20.20, com recursos advindos da Consulta Popular, para beneficiar os produtores de leite do município.

Os produtores de leite interessados em receber, até três sacas, de 50 kg de adubo, deverão efetuar suas inscrições junto à Secretaria. Serão disponibilizadas três sacas do fertilizante por produtor/família. Para tanto, é necessário que o produtor produza até 500 litros de leite/dia; e no momento da requisição deverá apresentar documentos pessoais, nota de venda do leite e análise de solo, com a validade de até dois anos.

Caso não possua a análise de solo, o produtor poderá encaminhar junto à Secretaria da Agricultura, com o valor de R$ 25,00 para a análise física e R$ 35,00 para a química, que ficará pronta no prazo de até 15 dias.

É importante destacar, também, que para o produtor ser beneficiado com os fertilizantes, terá que contribuir com uma contrapartida de 50% de recursos próprios, e deverá apresentar nota da aquisição, ou seja, além das três sacas disponibilizadas, o produtor deverá adquirir mais duas sacas de adubos, como contrapartida.

Serão favorecidos, os produtores, por ordem de inscrição, a qual se estenderá, até o momento que findar o saldo do recurso.

 

Texto/Divulgação: Andréia Queiroz – Jornalista e Assessora de Imprensa