Dados Gerais Para Acompanhamento de Programas, Ações, Projetos e Obras da Administração Municipal e seus órgãos

Prefeitura de Crissiumal fornecerá adubo para produtores de leite do município

Prefeitura de Crissiumal fornecerá adubo para

produtores de leite do município

 

O produtor terá que contribuir com uma contrapartida de 50% de recursos próprios

 

Produtores de leite do município de Crisisumal poderão receber, gratuitamente, até 150 kg de adubo para pastagem do gado leiteiro. A informação é da Prefeitura Municipal de Crissiumal que, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Meio Ambiente, adquiriu, cerca de, 340 sacas de adubo 05.20.20, com recursos advindos da Consulta Popular, para beneficiar os produtores de leite do município.

Os produtores de leite interessados em receber, até três sacas, de 50 kg de adubo, deverão efetuar suas inscrições junto à Secretaria. Serão disponibilizadas três sacas do fertilizante por produtor/família. Para tanto, é necessário que o produtor produza até 500 litros de leite/dia; e no momento da requisição deverá apresentar documentos pessoais, nota de venda do leite e análise de solo, com a validade de até dois anos.

Caso não possua a análise de solo, o produtor poderá encaminhar junto à Secretaria da Agricultura, com o valor de R$ 25,00 para a análise física e R$ 35,00 para a química, que ficará pronta no prazo de até 15 dias.

É importante destacar, também, que para o produtor ser beneficiado com os fertilizantes, terá que contribuir com uma contrapartida de 50% de recursos próprios, e deverá apresentar nota da aquisição, ou seja, além das três sacas disponibilizadas, o produtor deverá adquirir mais duas sacas de adubos, como contrapartida.

Serão favorecidos, os produtores, por ordem de inscrição, a qual se estenderá, até o momento que findar o saldo do recurso.

 

Texto/Divulgação: Andréia Queiroz – Jornalista e Assessora de Imprensa

Moradores do Condomínio do Bairro Paraíso e áreas de risco poderão ter o sonho da casa própria realizado

Moradores do Condomínio do Bairro Paraíso e áreas

de risco poderão ter o sonho da casa própria realizado

 

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, dia 20 de abril, junto a Câmara Municipal de Vereadores de Crsissiumal, uma reunião com os atuais moradores do Condomínio do Bairro Paraíso e áreas de risco, adjacente a estes, bem como, os nomeados por determinação judicial.

Convocada pela Administração Municipal, a reunião, teve como objetivo informar aos moradores, a possibilidade de dar continuidade do Projeto de Habitação para essas famílias. De acordo com os termos da Lei 3.200/2014, alterada pela Lei 3.228/2014, as referidas famílias serão detentoras de 23 lotes, no Loteamento Por do Sol, desde que, se enquadrem á portaria 269, de 22 de março de 2017, do Ministério das Cidades.

A reunião contou com a presença do Secretário de Planejamento, Fabrício Canabarro; a Primeira Dama e, também, Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Margrid Bergmann; a Assistente Social do CRAS, Tatiane Miranda; o Técnico da Emater/Ascar, Jovino Bim e o Dirigente da Associação de Jovens Rurais de São Sebastião que coordenada os Projetos de Habitação, Marcos Zimmermann, que também está a frente desse Projeto, com o apoio da Prefeitura Municipal.

Durante a reunião, foram esclarecidas as regras determinadas pelo Ministério das Cidades, para beneficiar as famílias necessitadas e moradoras das áreas referidas, tanto quanto ao Projeto das Casas, quanto à contrapartida dos moradores.

O Projeto será enviado, de imediato, ao Ministério das Cidades e aguardará a aprovação, junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Segundo Marcos Zimmermann, se o andamento do processo para aprovação e início das obras ocorrerem conforme o esperado, no prazo de um ano, as famílias já estarão instaladas em suas novas casas, porém, ele lembra que as exigências e suas aprovações, dependem do Ministério das Cidades e do Agente Financeiro-CEF e não, da Prefeitura ou da Associação.

A futura contratação das operações se dará com recursos transferidos ao Fundo de Desenvolvimento Social (FDS), advindo de cotas do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida/Entidades (PMCV/Entidades).

 

Fonte/Foto: Andréia Queiroz – Jornalista e Assessora de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal